Na contramão de outros setores da economia brasileira, que sofrem com os impactos da crise do novo coronavírus, a agricultura deve colher um do seus melhores resultados este ano. Estudo da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) aponta para um aumento de 11,8% no Valor Bruto da Produção, em relação a 2019, chegando a R$ 728,6 bilhões, representando a maior cifra em reais da história do setor.

 

Estima-se que o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio passe a responder por 23,6% do total do país (no ano passado ficou em 21,4%). Segundo o  coordenador econômico da CNA, Renato Conchon, o valor do dólar e os preços firmes das commodities contribuíram para o resultado na agricultura. 

 

A soja e o milho foram os grandes carros-chefes da agricultura. Do ganho previsto de R$ 728,6 bilhões, R$ 175 bilhões vão corresponder à receita com a oleaginosa (alta de 13% sobre 2019) e R$ 90 bilhões com o milho (32,9% maior que no ano anterior). 

Subscribe
Notify of
guest