A Medida Provisória 905/2019, que cria o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, foi aprovada na forma de emenda e em sessão virtual, na madrugada desta quarta-feira (15), pelo Plenário da Câmara dos Deputados. Ela segue para análise pelo Senado Federal, com vigência até o dia 20 de abril. Entre diversos pontos abordados, o texto da medida oferece a chance do primeiro emprego a jovens de 18 a 29 anos de idade, assim como a pessoas acima de 55 anos, que têm dificuldades de serem inseridas novamente no mercado de trabalho.

 

Somente o grupo de jovens a serem atendidos pela MP representa uma fatia de 25% dos empregados no país e mais de 50 milhões estão na informalidade, destaca a deputada federal Aline Sleutjes, do Paraná. Para ela, a discussão de MPs, como a do Contrato Verde e Amarelo, é de suma importância não somente neste momento de crise por conta da pandemia de coronavírus, mas também no pós-crise.

 

Como observa a deputada Aline Sleutjes, sabe-se que cresce a cada dia o desemprego desde a explosão da pandemia da Covid-19, devido ao fechamento de muitas empresas, em consequência da orientação de isolamento horizontal feita pelas cidades e pelos estados, gerando prejuízos aos empregadores. “Após a crise da doença, será o momento no qual teremos que impulsionar a economia do país, para recuperar todos os recursos que foram utilizados e investidos no auxílio ao combate à crise do coronavírus.”

 

Debate sobre a MP do Contrato Verde e Amarelo na sessão virtual

Meu pronunciamento na sessão de hoje. Tratar de emprego hoje na situação de crise em que nosso país se encontra, é tratar da vida também. Gerar empregos também é emergência! Com a aprovação dessa medida (#MP905) damos a oportunidade de muitas famílias se reerguerem. Não tem nada de “cruel”, como alguns parlamentares da oposição disseram. Crueldade fizeram eles com o nosso país em todo tempo que governaram. Assista! Deixe a sua opinião.

Posted by Aline Sleutjes on Tuesday, April 14, 2020

Assista ao pronunciamento da deputada Aline Sleutjes na sessão virtual

 

A parlamentar faz questão de afirmar que a Câmara dos Deputados, de maneira alguma, está suprimindo os direitos dos trabalhadores. “Muito pelo contrário. Estamos fomentando a possibilidade de contratação. Estamos votando matérias diretamente ligadas ao coronavírus, que nos trouxe um momento muito delicado para as famílias”, afirma Aline Sleutjes. Nossa responsabilidade, diz a deputada, não é apenas com a saúde, mas com todos os eixos que tratam da vida. “E quando tratamos de emprego, salário e qualidade de vida, estamos tratando de vidas”, diz.

 

Aline Sleutjes lembra ainda que o emprego para esses jovens, principalmente o primeiro, não é apenas um cargo, mas sinônimo esperança, futuro, perspectiva de crescimento pessoal, familiar e profissional. “Acredito que as pessoas estão observando o trabalho forte da Câmara, que está de manhã, tarde e noite em discussão e votação, para que possamos dar maior estabilidade possível para a população brasileira neste momento.”

 

 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments