Nesta segunda-feira (13), a Caixa Econômica Federal bateu o marco de R$ 4,24 bilhões em créditos contratados pelo Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). Com isso, o banco recebeu do Ministério da Economia um acréscimo de limite, que passa a ser de R$ 5,9 bilhões.

Além do Pronampe, a CEF oferece várias linhas de créditos para micro e pequenas empresas (MPE), como o Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (Fampe), linha disponibilizada em parceria com o Sebrae para microempreendedores individuais e MPEs.

Somando apenas as duas linhas, a Caixa superou R$ 6 bilhões em fomento às MPEs durante o período de pandemia do Covid-19.

Para o presidente Pedro Guimarães, os resultados mostram o sucesso da estratégia do banco no apoio às MPEs.

“Ajudar os pequenos empresários, tão importantes para o nosso país, faz parte da vocação da Caixa, especialmente nesse período de pandemia em que o consumo e a renda são afetados”.

APP para as empresas e Esteira digital:

Além disso, para fortalecer o relacionamento com este público, a CEF vai lançar, em agosto, um novo aplicativo voltado para as micro e pequenas empresas, onde os clientes poderão acessar e contratar todas as soluções financeiras do banco para os negócios. Com o lançamento pela Caixa da esteira digital, o cliente precisará ir à agência da CEF apenas para assinatura do contrato. Toda a análise para liberação do crédito ocorrerá digitalmente.

Como solicitar o Pronampe:

Pelo Giro Caixa Pronampe, os financiamentos têm prazo total de 36 meses – sendo oito meses de carência para começar a pagar e financiamento em 28 parcelas. A taxa de juros anual máxima é igual à taxa básica de juros (Selic) + 1,25% ao ano.

As operações de crédito poderão ser utilizadas para investimentos e capital de giro isolado ou associado ao investimento. Dessa forma, além de poderem realizar reformas e adquirir máquinas e equipamentos, as micro e pequenas empresas também poderão utilizar os recursos para despesas operacionais, como pagamento de salário de empregados, compra de matérias-primas, mercadorias, entre outros.

Para contratar o financiamento, os clientes devem acessar o site www.caixa.gov.br/pronampe, preencher o formulário de interesse ao crédito e um gerente da região entrará em contato por telefone para ofertar o pacote de soluções financeiras do banco. Caso prefiram, os clientes também podem fazer a solicitação diretamente nas agências da caixa.

Como solicitar o Fampe:

Para ter acesso à linha de crédito é necessário realizar o tutorial do Sebrae com orientações e informações sobre como utilizar o crédito. Após realizar o cadastro e assistir ao tutorial no site do Sebrae, a empresa deve preencher um formulário no site caixa Com sua Empresa (www.caixa.gov.br/caixacomsuaempresa) e solicitar interesse pelo crédito. Um gerente entra em contato com a empresa por telefone para ofertar o pacote de soluções financeiras do banco, com as taxas de juros reduzidas, gerenciador financeiro virtual e acompanhamento empresarial pelo Sebrae.

*Com informações da Caixa Econômica Federal

Foto da Agência Brasil/Crédito obrigatório

Brasília, DF, Brasil: Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments