A deputada federal Aline Sleutjes (PSL-PR), esteve reunida nesta terça-feira (23) e quinta-feira (25) com a ministra da agropecuária, Tereza Cristina, e com produtores da base em uma reunião para falarem sobre os esforços do MAPA para o setor. Na ocasião, foram discutidas as políticas públicas em torno da produção leite no Brasil.

A parlamentar é uma das principais representantes do setor no país e vem se destacando na articulação política para fortalecer a bacia leiteira brasileira.

Incentivo

Entre os anúncios feitos pela ministra foi que o Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou na quinta-feira (25), o financiamento para beneficiamento e industrialização de leite e ampliou prazo para contratação de crédito de custeio para retenção de matizes bovinas de leite. “É preciso dar incentivo para que os produtores consigam superar a crise e manter as atividades produtivas”, disse a deputada.

Importações

Outro assunto debatido foi sobre as importações. Foi falado sobre a questão da suspensão das importações de leite em pó do Mercosul que complicaram a situação da cadeia produtiva do leite brasileira em momento difícil que ela atravessa. O ministro argentino estará no Brasil dia 09 de março e, segundo a deputada, o assunto será discutido com ele para tentar limitar um teto mensal, dando mais estabilidade ao produto interno.

Milho

Já em relação ao milho, que serve de insumo para matéria seca nas dietas para vacas leiteiras, a reunião tratou sobre os estudos existentes para suprir a falta do cereal no mercado e informou que ainda iremos enfrentar problemas na safra atual, mas nos próximos meses a situação irá se regularizar.

“Temos estoques suficientes para março e abril, apesar de pequenos, mas dentro da demanda. Precisamos adequar as questões de importação e, se for o caso, medidas para estimular o plantio do cereal aqui no Brasil”, alertou a deputada.

O MAPA está trabalhando com ICTNBio a possibilidade de trazer milhos transgênicos para colocar no mercado brasileiro. São 11 materiais que vão estar disponíveis para compra, aumentando a disponibilidade e diminuindo o custo.

Impostos

Outro assunto importante é a retirada das alíquotas de importação para diversos equipamentos ligados ao setor lácteo. Uma reunião no G7 já sinalizou que a retirada ocorrerá nos próximos dias. “Medida que é fundamental para aquecer o mercado, melhorar a estrutura das salas de ordenha e aumentar a produção nacional”, reiterou Aline.

Dia do Leite

O representante da Associação Brasileira dos Supermercados (ABRAS) estabeleceu que será criado nos supermercados do Brasil o “Dia do Leite” com o objetivo de incentivar o consumo de leite em todo o país.

A ministra entrou em contato com a associação e foi ressaltado que está sobrando leite nos mercados e que está acontecendo uma diminuição na venda do produto. Uma das soluções foi a criação de um dia da semana para ser o Dia do Leite nos supermercados como forma de incentivar a venda de lacticínios, com grandes promoções, bem como com campanhas de informação e incentivo ao consumo.

Frete

Sobre a suspensão do adicional de frete, foi encaminhado e já está no Senado Federal a pauta sobre esse assunto. No entanto, foi sugerido pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, um novo texto que seja mais benéfico. As tratativas continuarão e na próxima semana o PL será reapresentado e posto em votação.

Leite em pó

O último assunto da reunião foi sobre o Projeto de Lei 952/19 que obriga importadores de leite em pó a introduzirem no mercado brasileiro apenas produtos com, no mínimo, 70% do tempo de prateleira, que é o intervalo entre a data de fabricação e a data de validade. A deputada Aline Sleutjes trabalha para a aprovação desse PL que tem apoio do Governo Federal. Ele será pautado nas comissões como prioridade.

“Todas essas medidas tratadas durante a reunião são parte de um trabalho conjunto e contínuo para fortalecer o leite brasileiro e incentivar a produção nacional. Nasci em Castro, a Capital do Leite do Brasil, incentivar o setor é uma das minhas principais bandeiras”, disse.

Ano passado, a deputada Aline Sleutjes organizou o fórum nacional do leite, que foi realizado em seis etapas, discutindo os problemas da porteira para dentro, porteira para fora e ações governamentais de auxílio.

Depois do evento foi criado grupos de discussão, em especial com os produtores, e neste sentido, a deputada está trabalhando diariamente junto à Ministra Tereza Cristina e sua equipe para solucionar os gargalos do setor. “Contem sempre com meu trabalho e comprometimento”, concluiu Aline.

Subscribe
Notify of
guest