Como primeira mulher a presidir a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) na Câmara dos Deputados, a Deputada do Agro, Aline Sleutjes (PSL-PR) vem cumprindo sua missão com êxito à frente da Comissão. Para manter as pautas alinhadas, a parlamentar também integra a Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop) e também é Coordenadora Institucional da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) na Câmara dos Deputados.

Na semana da agricultura, a Deputada Aline agradeceu a cada agricultor. “Aquele que planta e colhe, aquele que alimenta todos os brasileiros e mais de 170 países pelo mundo, a vocês que não tem tempo ruim, saem de madrugada e voltam à noite para cumprir o trabalho do dia a dia e manter o nosso prato cheio de alimento de qualidade. Agradeço a vocês pelo carinho, dedicação e comprometimento com todos nós brasileiros. Um dia nós podemos precisar de um médico, de um professor, de um advogado, mas do agricultor nós precisamos todo dia. Homens e mulheres do campo, permaneçam firmes pois nós, Deputados do agro, estamos com vocês, e este Governo também preza e agradece por todo o esforço de vocês para com o Brasil”, parabenizou.

Na metade do seu primeiro mandato, a Deputada Federal Aline Sleutjes já destinou R$ 9.774.590,34 ao estado do Paraná. Recursos para compra de equipamentos, maquinários, pesquisa, pavimentação e implantação de sistema de abastecimento de água dentre outras ações.

Como vice-líder do Governo e voz do agro no Congresso Nacional, a Deputada Aline teve participação em diversas pautas de melhorias à categoria. O Governo Federal promoveu Ações e vem trabalhando ativamente para que os agricultores possam trabalhar em paz. Reforçou a segurança fazendo com que as invasões de terras tivessem a maior baixa da história. Injetou recursos para o Plano Safra 2021/2022, R$ 251 bilhões. Ao pequeno produtor o Governo Federal reforça o compromisso com o aumento de 19% no valor para financiamento da Agricultura familiar no Plano Safra 2021/2022. O Governo Federal protege famílias e incentiva o cooperativismo, levando 15 mil famílias a construírem ou reformarem suas casas por meio do Pronaf Habitação. Ampliou o limite de financiamento para Cooperativas Centrais de R$ 30 milhões para R$ 60 milhões.

O Governo Federal facilitou e agilizou a regularização de títulos de terras. A meta e entregar mais de 50 mil documentos a agricultores familiares em assentamentos de reforma agrária até dezembro de 2021. No Programa Titula Brasil será possível agilizar o processo de regularização fundiária. Quase 160 mil títulos de posse de terra foram emitidos a quem cultiva, de 2019 até agora. O documento garante acesso das famílias a políticas públicas e linhas de crédito rurais.

Marcando recordes, a agricultura brasileira teve alta de 33,7%, resultando em US$ 13,94 bilhões nas exportações de produtos do agronegócio em maio. O Plano Safra 2021/2022 teve aumento de R$ 14,9 bilhões em relação ao anterior, com U$ 251,22 bilhões. Mais 19% nos recursos para pequenos produtores rurais.

“Mesmo em período de pandemia o agro manteve o compromisso de colocar alimentar o Brasil e o mundo, precisamos valorizar e ajudar este setor que é o motor da economia brasileira”, destacou a Deputada do agro, Aline Sleutjes.

À frente da CAPADR, a vice-líder do Governo participa ativamente de reuniões para levar as pautas do agro ao Governo Federal e promover debates para promover desenvolvimento à categoria.

“As demandas do setor crescem diariamente, nossos consumidores também, bem como os países importadores. O MAPA fica lotado de demandas e aqui na CAPADR não é diferente, devemos ser o braço forte do agro, trabalhando para trazer soluções com agilidade, avançando com menos burocracia e fazendo com que o nosso Brasil cresça com um agro moderno e forte, aumentando nossa produtividade, consequentemente empurrando nossa economia, gerando emprego e renda à milhares de brasileiros”, ressaltou a presidente da CAPADR, Aline Sleutjes.

APOIO AOS PRODUTORES LEITEIROS
“Sou conhecida também como a Deputada do leite aqui em Brasília, por vir da capital Nacional do Leite, município de Castro-PR. Conheço de perto às dificuldades e desafios que essa categoria enfrenta, mas acredito que com muita dedicação, comprometimento e principalmente união nós iremos avançar. Precisamos que as organizações tragam sempre a nós e ao Governo as pautas prioritárias, a fim de realizarmos debates públicos fortes e construirmos políticas públicas eficientes ao setor”, defendeu Aline.

A vice-líder do Governo apresentou as grandes realizações da Comissão da Agricultura e da Câmara Federal, que irão impactar diretamente na cadeia leiteira. Como os projetos:

  • PL nº 3292/2020 – Altera a Lei nº 11.947/ 09, para estabelecer percentual mínimo na aquisição de leite sob a forma fluída com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); O projeto aguarda apreciação pelo Senado Federal;
  • PL nº 6487/2019 – Institui o Dia Nacional do Produtor de Leite.
  • PL nº 6388/2019 – Altera a Lei nº 10.438/02, com a finalidade de conceder desconto nas tarifas de energia elétrica relativas ao consumo verificado nas atividades de produção, armazenagem e beneficiamento de leite in natura realizadas por produtores rurais e cooperativas de produtores rurais.

Junto a subcomissão do leite a Deputada Aline já visitou dois estados: Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Em agosto está programado São Paulo, e, em setembro, Paraná. Até o final do ano outros 2 estados receberão a visita técnica, Norte e Nordeste. “Estas missões são importantes para acompanharmos de perto os casos de sucesso, as experiências que tem dado certo, os aspectos tecnológicos e comerciais, custo produção, alimentação e boas alternativas, troca de experiência entre estados, buscando modelos e políticas públicas alinhadas a realidade”, ressaltou Aline. Nas missões identificamos a importância da manutenção do programa “Leite Saudável”, que viabiliza assistência técnica, desenvolvimento e avanço da porteira para dentro.

São mais de 1,2 milhão de produtores de leite que geram mais de 15 milhões de empregos diretos e indiretos. Com tamanha relevância para a economia, bem como a importância nutricional e social, a vice-líder do Governo continuará se empenhando para levar cada vez mais melhorias aos produtores que sustentam suas famílias, lutando dia a dia, sol a sol alimentando o Brasil e o mundo.

IRRIGAÇÃO
Em sua última agenda em Brasília nesta semana, a Deputada Aline esteve em um evento online – I Jornada de Irrigação do Paraná – 2º Balcão de Negócios com o presidente do Sindicato Rural de Paranavaí, Ivo Pierin Júnior; junto aos representantes da Associação dos Produtores Irrigantes do Paraná (APIP) e da Total Hidro, empresa de Paranavaí, especializada em equipamentos para irrigação, Secretário Estadual da Agricultura Norberto Ortigara, Secretário Estadual do Desenvolvimento Sustentável Márcio Nunes, Presidente Federação da Agricultura do Paraná Agile Menegati, Representantes do Mapa, convidados pela Deputada do Agro Aline Sleutjes.

Os palestrantes trataram da outorga e licenciamento para uso de água, manejo de irrigação, Plano Safra – Proirriga, Banco do Agricultor, capacidade de armazenamento e disponibilidade de água no solo para as plantas, dentre outros assuntos, a fim de estudar os melhores caminhos a seguir para que o Paraná, que tem somente 1% de suas áreas agricultáveis irrigadas, possa aderir definitivamente às novas técnicas.

Subscribe
Notify of
guest